(31) 3500-2990
(31) 3500-2990 | (11) 4673-0774
contato@educarebox.com

Marketing escolar: como captar mais alunos com ele

O marketing escolar é o caminho que diversas escolas estão adotando para atrair e manter seus alunos. Uma resposta a um mercado cada vez mais acirrado onde ser uma boa escola já não é mais o suficiente. É preciso mostrar isso ao mundo e usar a seu favor.

Porém, a maioria dos gestores acredita que o marketing educacional ou marketing para as escolas, como também é conhecido, significa apenas ter redes sociais. Um engano que pode custar muito mais que o tempo para criar e manter uma página no Instagram ou Facebook.

Pensando nisso, resolvemos ajudar sua escola a fazer marketing escolar do jeito certo, sem perder tempo e com retorno garantido. Confira o post!

Marketing escolar: o que é?

O marketing escolar representa um conjunto de estratégias de marketing para promover o relacionamento de uma escola, atraindo e mantendo alunos. São ações para promover e valorizar as escolas junto aos pais, além de potenciais e atuais alunos.

Mas, como dissemos antes, não é só fazer posts nas redes sociais sem planejamento e objetivo. Optar pelo marketing para escolas é optar por saber como utilizar as melhores informações a favor do seu crescimento e sucesso.

E por que o marketing escolar é tão importante?

O grande valor em ter um plano de marketing para sua escola é apresentar a rotina escolar, seu plano educacional, seu ambiente e seus diferenciais de forma estratégica.

Isso significa saber o que explorar, como, quando e também quem impactar com as ações que serão realizadas. Haverá ações para pais, ações para alunos, mas um plano de marketing bem traçado fará a diferença nos seus resultados.

O marketing escolar favorece consideravelmente as novas matrículas e a fidelização dos estudantes atuais. E com mais alunos há mais recursos para utilizar na própria escola, melhorando outros setores, infraestrutura, etc.

Mas o marketing escolar funciona?

Se bem realizado, com certeza! Especialmente o Marketing Digital.

Para se ter ideia, o EduTrends 2016, da RD Station, revelou dados muito significativos de ROI (Retorno sobre o Investimento) para as escolas que fazem marketing.

O marketing offline teve 69,3% de ROI, valor considerado moderadamente positivo.
Já o marketing digital teve 82,4% de ROI, um dado muito expressivo!

Como começar a fazer marketing escolar

“Conheça-te a ti mesmo”

Um passo muito interessante pode ser começar por uma Matriz SWOT ou FOFA, como muitos chamam no Brasil. Esse é um dos elementos mais famosos de um bom planejamento de marketing. 

O FOFA é basicamente categorizar as Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças da sua escola. Isso dará um quadro geral que será muito revelador sobre a escola, pontos fortes e fracos, caminhos a seguir e riscos a observar.

Conheça sua persona, saiba com quem falar

A persona é um conceito de marketing que tenta traçar o perfil mais próximo possível de uma ou mais pessoas reais e que queremos alcançar. Comece por perguntas como:

– Qual o perfil de alunos que a escola procura?
– Em que redes sociais será mais fácil falar com eles?
– Que assuntos da escola poderiam interessá-los?
– Que assuntos interessam aos pais desses alunos?
– Em que redes sociais esses pais costuma estar?
– Quais pontos fortes da escola vamos explorar para cada grupo (pais ou alunos)?
– Que diferenciais temos em relação aos concorrentes?

Viu que haverá conteúdos para pais e conteúdos para alunos? Pois é, vai acontecer mesmo que eles estejam em uma mesma rede social. O fundamental é saber o que interessa para cada grupo e como falar sobre isso com eles.

8 ações em um plano de marketing escolar

1 – Explore as redes sociais

Saiba em quais redes sociais seu público está. A partir dai crie conteúdos de interesse para eles. Será fundamental investir no impulsionamento desses conteúdos.

No fim das contas, as redes querem lucrar para entregar seu conteúdo para quem é de interesse e não tem como fugir disso.

2 – Tenha um blog

Um blog é um canal muito útil para comunicar de forma mais aprofundada um assunto que você divulgou em uma rede social. imagine contar mais detalhes sobre uma nova aquisição da escola? E falar mais sobre um evento promovido por ela, concursos, etc.

3 – Dê descontos

Descontos e bolsas são um sucesso, sempre. Eles ajudam na tomada final da decisão de um pai ou uma mãe.

É possível oferecer descontos para quem antecipar as mensalidades?
Avalie bem e veja se isso é viável.

4 – Construa relacionamento verdadeiros com seu público

Não é só falar sobre a escola. Responda às interações, acompanhe os comentários, descubra que temas repercutem mais e melhore sempre a abordagem. As pessoas se sentem valorizadas quando percebem que são ouvidas e respondidas.

5 – Fale dos resultados e do que está além deles

Mostre dados relevantes, conquistas, resultados da escola. É muito bom passar segurança para os pais e valorizar o desempenho dos alunos.

Porém, você precisará fazer mais que isso. Mostre o que move sua escola, seus valores, sua missão na educação. Isso comove e inspira.

6 – Mantenha os pais sempre informados

O que está acontecendo na escola? Que melhorias estão ocorrendo? Existe uma agenda de eventos? Os pais merecem estar bem informados sobre o universo escolar.

Contar com recursos como a agenda digital EducareBox para isso tornará essa comunicação mais efetiva, rápida e muito mais prática para pais e alunos também.

7 – Marketing escolar também é dar voz

Os alunos merecem ser ouvidos. Crie canais onde eles se sintam confortáveis para se expressar e trate as questões que levantarem. 

Não despreze o poder da voz de uma criança ou adolescente falando bem da sua escola com outras pessoas, de forma legítima, por que ele se sente bem ao ser ouvido.

8 – Que tal ter programas de recomendação?

O clássico boca a boca é forte. Imagine estimular essa ação entre os pais ao indicarem sua escola e serem, de algum modo, bonificados se a matrícula for confirmada.

O vídeo marketing no marketing educacional

Falamos antes sobre criar um blog, uma ótima ideia. Porém, um canal de vídeos no Youtube também pode ser muito poderoso na sua estratégia. 

Jovens (e adultos) consomem cada vez mais informação em vídeo. Usar esse recurso no Youtube, nas redes sociais, nos stories, pode gerar um resultado muito grande!

É uma forma de engajar, persuadir, emocionar, e impactar pais e alunos de forma muito positiva. Mas atenção: atualize sempre esse canal. Nada de postar uma vez e nunca mais.

O Content-Trends Educação 2018, da Rock Content, revelou que as escolas consideram os vídeos como uma das ações mais importantes para atrair novos alunos.

Sem falar que os alunos atuais podem acabar compartilhando vídeos em que aparecem promovendo, de forma gratuita e legítima, a sua escola. 

No fim das contas tudo se resume a:
Verdade e Relacionamento.

Bom, você já sabe um pouco mais sobre Marketing Educacional, viu por onde começar e até algumas ações que seu planejamento deve contemplar.

Para finalizar não se esqueça que tudo isso deve refletir a verdade do que sua escola realmente é. Mentiras não se sustentam e seriam facilmente reveladas nas redes sociais. 

E é claro, lembre-se que o grande esforço de tudo isso é construir relacionamento com pais, alunos e potenciais alunos. Invista no diálogo com esses agentes e o sucesso é certo!

Agora é só se planejar e começar a agir para conquistar os melhores resultados para sua escola.

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Olá!

Clique em um de nossos representantes para iniciar um chat ou envie um email para contato@educarebox.com

× Fale conosco