(31) 3500-2990
(31) 3500-2990 | (11) 4673-0774
contato@educarebox.com

Engajar os alunos: 10 dicas para motivar sua turma

Técnicas para engajar seus alunos


Incentivar a participação dos alunos na sala de aula costuma, quase sempre, ser um desafio para os professores. Mas o que acontece que alguns conseguem engajar os alunos e outros simplesmente se frustram por não conseguirem?

Saber a resposta ou ao menos os caminhos para conseguir engajar os estudantes pode ser decisivo para melhorar seu desempenho. Por isso, preparamos esse post com dicas e ações que mostrarão aos alunos que vale a pena participar mais da aula.

Engajar os alunos, o que isso quer dizer?

Quando falamos em engajar os alunos, falamos em envolvê-los e vê-los participando efetivamente da aula. Você pode ter uma turma disciplinada, mas isso não significa necessariamente engajada nas aulas. 

Alunos participativos costumam se interessar pelos temas, questionar, interagir e até propor tarefas. Esse é o tipo de aluno que costuma estimular o professor por responderem de forma positiva ao conteúdo e à forma como ele é apresentado.

Por outro lado, uma turma onde os alunos não se engajam costuma apresentar maior dificuldade de aprendizado. A indisciplina e os maus resultados são mais frequentes em salas onde o desinteresse predomina.

Essa tarefa é do professor, mas também da escola, na figura de seu gestor, que precisa acompanhar de perto o progresso dos estudantes.

Baixo engajamento gera baixo rendimento

Inúmeros estudos mostram como uma turma menos participativa e estimulada vê reflexos negativos disso em suas notas. Esses alunos representam o equivalente a 40% dos alunos de 15 anos de idade no Brasil, de acordo com uma análise divulgada pela OCDE.

O relatório é baseado no resultado de adolescentes dessa faixa etária nos testes de Matemática, Leitura e Ciências do último Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA), que em 2012 mediu o desempenho de alunos em 64 países e economias do mundo. 

10 dicas comprovadas para engajar seus alunos

Na Carolina do Norte, Estados Unidos, os professores da Cochrane Collegiate Academy desenvolveram um método de ensino chamado “Aprendizado Alternativo voltado para alunos que apresentam baixo desempenho em sala de aula.

O modelo é uma junção das suas 10 práticas para engajar os alunos. Elas devem ser aplicadas em todas as lições, todos os dias. Vamos explicar, com nossas palavras, o que significam essas dicas.

1. Questão essencial

Qual é o objetivo pretendido com a lição? O  que você espera que seus alunos tenham aprendido ao final da aula? O ideal é ter sempre uma única questão essencial por lição! 

O sucesso virá se você perceber que todos os alunos são capazes de responder a essa pergunta até a conclusão da atividade.

2. Estratégia de ativação

É preciso criar um link entre o conteúdo e o mundo real dos alunos. Conseguir utilizar exemplos e situações da vida cotidiana dos alunos ajudará o conteúdo a ser melhor assimilado e mais facilmente lembrado.

3. Vocabulário relevante

Nenhuma comunicação é eficiente se a pessoa com quem se fala não consegue entender o que é dito. Mantenha seu vocabulário limitado ao que seus alunos são capazes de assimilar e contextualize novas palavras ativamente ao longo da lição.

Referências são muito bem-vindas, assim como estimular os alunos a aplicarem palavras novas, recém aprendidas, na lição. Lembre-se de se fazer entender.

4. Limitação no tempo de exposição

Após uma explicação de 12 a 15 minutos de aula, o ideal é que os alunos sejam envolvidos em alguma atividade, ainda que rápida.

Pode ser uma tarefa simples, desenho, debate, rodada de perguntas, vale pensar bem nisso e envolver seus alunos.

5. Organizador Gráfico

Se os alunos aprenderem a organizar graficamente uma informação o aprendizado da lição poderá ser facilitado. Seja no caderno ou no computador, onde seria um pouco mais fácil, usar representações gráficas para o conteúdo facilitará bastante.

Sempre que for possível condensar a informação de uma forma bem gráfica, bem visual, será benéfico para os alunos.

Inclusive, o Canva é uma ótima dica para fazer isso. 

6. O movimento do estudante

Os alunos precisam se mover, se movimentar para que isso estimule o engajamento.

Um bom caminho são trabalhos em pequenos grupos, trabalhos em dupla e, sempre que possível, lições fora da sala de aula. Passeios e excursões, por exemplo, estimulam o aprendizado de uma forma muito mais estimulante.

7. Perguntas de raciocínio de ordem maior

Desafie seus alunos. Faça perguntas de um nível mais elevado, ao longo da aula, provocando a reflexão sobre o conteúdo ensinado. Isso estimula a classe toda e ainda atende às necessidade que alunos mais avançados sentem de serem provocados.

Devem ser perguntas com um nível maior de dificuldade, mas possíveis de serem respondidas com o que foi ensinado.

8. Resumo ou encerramento da lição

É nesse momento que você é capaz de avaliar a capacidade do seu aluno em responder à questão essencial (dica número 1). Será que a turma aprendeu o que realmente precisava?

Nesse momento, resumindo com eles a lição, ficará mais claro saber se você precisa estender esse conteúdo, melhorá-lo ou se já pode avançar.

9. Rigor nas lições

As atividades devem ser desafiadoras e mover-se a um ritmo acelerado. Nada de momentos de tédio na aula, onde os alunos não têm nada para fazer. 

Lembre-se que a aula inteira é uma LIÇÃO ATIVA!

10. Toda a aula deve ser centrada no aluno

Lembre-se, você faz todo o planejamento, e seus alunos fazem todo o trabalho!

O uso da tecnologia como uma ferramenta é um componente crítico. Ela fornece aos alunos do século XXI envolvimento e relevância para sua aplicação no mundo real. 

O ensino é uma parceria em que você planeja efetivamente e com sucesso para que; seus alunos trabalhem e aprendam!

Vantagens em engajar os alunos nas aulas

Você já sabe o que é e até viu algumas técnicas, mas ainda pode estar em dúvida sobre as vantagens em ter alunos engajados. Veja como isso fará bem a todos os envolvidos. 

1 – O aluno aprende mais

Mais e melhor! Alunos engajados prestam atenção, questionam, criticam, interagem e com isso acabam aprendendo de fato.

2 – O professor se sente mais estimulado

Ensinar para quem quer aprender e te desafia profissionalmente a fazer aulas cada vez melhores, isso tem muito valor. O professor sente que valeu a pena.

3 – O conteúdo avança

Se o conteúdo é bem assimilado não existe a necessidade de voltar a lição com frequência. Com isso os conteúdos programados avançam, fluem e a turma está sempre em dia.

4 – As notas refletem o aprendizado

O desempenho dos alunos melhora muito com o engajamento nas aulas. O esforço para aprender diminui e o aprendizado aumenta refletindo isso nas notas dos alunos.

5 – Os pais percebem valor

Boas notas geram maior satisfação nos alunos, mas também em seus pais. Eles percebem como os filhos estão evoluindo com o aprendizado e veem valor na escola. 

6 – Retenção de alunos

Um aluno que não consegue aprender se desestimula. Pode até ser que alguns pais preferiam mudar os filhos de escola. Porém, se o desempenho melhora progressivamente essa situação passa longe de acontecer. 

7 – A reputação da escola aumentar

E aumenta muito! Pais comentam, alunos comentam, a sociedade comenta quando uma escola é referência. Se ali os alunos aprendem e gostam de aprender isso se reflete na reputação que a escola constrói.

Agenda digital ajuda a engajar alunos, pais e professores


A tecnologia é uma facilitadora do dia a dia, certo? 

No caso de uma agenda digital como a EducareBox, é muito mais do que isso. Além de facilitar a rotina e tornar tudo mais rápido e menos burocrático, uma agenda digital aumenta o engajamento entre pais, alunos e professores.

Os pais conseguem acompanhar e participar mais da vida escolar dos filhos, refletindo-se até no desempenho dos alunos. Com isso ainda ganham tempo, pois está tudo ali, na palma da mão. 

Isso ainda fortalece a imagem da escola e mostra que ela é um espaço moderno, com gestão eficiente e conectada à nova realidade digital.

Conclusão: engajar os alunos vale a pena e é possível


Sim, engajar os alunos pode até ser um desafio, mas é algo totalmente possível e com resultados que beneficiam alunos e professores.

Siga as dicas que selecionamos para estimular seus alunos e conquistar um desempenho muito melhor de cada um deles. 

Até o próximo post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Olá!

Clique em um de nossos representantes para iniciar um chat ou envie um email para contato@educarebox.com

× Fale conosco